Pastoral

Paciente

22 Capa JulhoO dicionário Houaiss apresenta onze definições para a palavra paciente. Que tem virtude de paciência, conformado. Não é o meu caso. Que aguarda tranquilamente. Sabe esperar. Muito difícil. Que persiste na realização de um trabalho, perseverante. Que revela ou exige paciência e observação. Pessoa que espera calmamente. Indivíduo doente. Que está sob cuidados médicos. Réu que vai ser submetido à pena de morte. Não creio que seja paciente quem está esperando execução. Enfim passividade em todas as circunstâncias. E a paciência o que é? Virtude que consiste em suportar os dissabores e infelicidades da vida. Nada fácil, sem reclamar.  

A Bíblia exalta a paciência ou o ser paciente. “Sede pacientes na tribulação” recomenda Paulo ao escrever Rm 12.12. Ao escrever I Ts 5.14 apresentando uma lista negativa do caráter dúbio de alguns salvos conclui: “Sede paciente para com todos”. Ser paciente com salvos de mau caráter requer desafio hercúleo. Tiago 5.7 recomenda paciência até a vinda do Senhor. Paciência é uma virtude em decadência em nossos dias. Na caminhada diária nos deparamos com muitas situações que o ser paciente é colocado à prova. Quase sempre somos reprovados no teste da paciência. 

Nestes últimos meses ao me defrontar com médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, administrador de hospital, concluo que preciso aprender a ser paciente. A frieza com que tais profissionais, não todos, olham o paciente é de assombrar. Para liberar um exame de rotina o hospital leva dias. Poderia fazê-lo em horas. Mas, parece que há um desejo maldoso que se compraz em ver o paciente sofrer. Às vezes parece sadismo. Ao  telefonar para acompanhar o resultado você

ouve e fala com a máquina. Ela manda você apertar teclas  no aparelho e ao final lhe diz: Processo em análise. Isto é: seu processo está na gaveta de algum funcionário que tem como função  agredir a sua paciência. Não é fácil. A burocracia é maior e mais destruidora do que a doença em si.  O sentimento de revolta tenta destruir e abalar a sua paciência. Recomenda o médico: “Pede uma liminar na justiça.” Mas quem conhece os meandros da justiça humana sabe que não funciona. A Justiça foi corrompida pelos que dela usam para se beneficiar. É melhor ser paciente. 

Jesus nos legou o exemplo máximo de paciência. Ao recomendar viver um dia de cada vez, o Mestre propôs o desafio: “Não vos inquieteis pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal” Mt 6.34. Viver um dia de cada vez com suas decepções. Com seus desafios. Com seus sucessos e vitórias, sabendo que como pacientes só resta aguardar. Convictos que o Senhor está no controle de nossas vidas. O pecado continua gerando transtornos na vida humana e em todos os seguimentos da sociedade. Precisamos ser pacientes, convictos que a vitória virá. 

Julio Oliveira Sanches.

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to Twitter

Templo I - Rua Monteiro Soares Filho, 652
Vila Zelina

Templo II - Rua Marechal Malet, 611
Parque Vila Prudente

Horário de atendimento: segunda a sexta das 8h às 17h
contato: (11) 2347-9141